Desabafo de Noiva: Lidando com a ansiedade!

Por Flávia Ferreira - segunda-feira, outubro 29, 2018

Ansiedade é aquele sentimento que vai chegando devagar, mas acaba tomando conta da sua vida, enche sua cabeça de pensamentos, preocupações e deixa seu coração apertadinho, até angustiado. É um misto de sensações: é sentir ao mesmo tempo a felicidade de uma possível conquista e a insegurança de falhar.



Eu sempre brinquei que o Anderson era o ansioso do casal.
Não podíamos combinar um passeio ou viagem diferente de nossa rotina que ele ficava (e fica até hoje!) extremamente ansioso, pensando e falando nisso a todo instante!
Ao contrário de mim que, apesar de me empolgar, conseguia tocar a vida tranquilamente até que o tal dia chegasse.

Tudo mudou a partir do momento que compramos o apê, parece que viraram uma chave no meu cérebro que despertou toda essa ansiedade contida por mais de 20 anos! ~pensa no estrago haha~
Veio a tona uma onda de negatividade, que me impedia de pensar em coisas boas. Parecia, e as vezes ainda parece, que tudo dá errado pra mim. Quase um complexo de vira-lata!

Eu queria pensar e resolver tudo ao mesmo tempo e, se eu pudesse, teria traçado planos para os próximos 10 anos. O pior de tudo é a frustração que vem quando as coisas não saem muito bem como o planejado.

Toda essa ansiedade também me trouxe sintomas físicos, como cansaço, irritação, alterações bruscas de humor, ganho de peso, procrastinação, etc. Além de algumas crises com choro, taquicardia e muito mau estar.
Também passei a descontar toda essa ansiedade em comida e compras!
E aí foi a hora de procurar ajuda médica que me indicou tratamento com medicação e terapia.

Fiz o tratamento com a medicação por alguns meses e vi grandes melhoras, principalmente no controle do humor e nos sintomas físicos. Não cheguei a fazer as sessões de terapia prescritas, e também confesso que abandonei o tratamento no meio, apesar de não ser indicado fazer isso por conta de efeito rebote (parar bruscamente a medicação pode causar todos os sintomas novamente e com maior intensidade).

Porém, apesar de ser uma péssima paciente, trabalhei na minha mente que sou humana e, realmente, não sou capaz de fazer tudo!
Temos que aceitar que, muitas vezes, as coisas não vão sair como planejamos e que está tudo bem mesmo assim.
Além de tentar não planejar muitas coisas a longo prazo, para não ficar me martirizando por tanto tempo e também tento não ficar me cobrando tanto por tudo.
Com isso, hoje consigo lidar melhor com a ansiedade, apesar de ter momentos difíceis e de recaídas!

A parte mais difícil de admitir que está com problemas para lidar com seus sentimentos é passar pelos julgamentos.
Todos acham que têm direito de opinar ou que entendem as coisas que você está passando, além de muitos menosprezarem esses sentimentos.
Essas pessoas não fazem ideia do quanto prejudicam quem precisa de ajuda, pois muitas pessoas acabam sofrendo em silêncio para evitar esse tipo de condenação.

Então, se você está passando por esses problemas, como eu passei, faça acompanhamento médico e siga o tratamento prescrito. Não se deixe abater pelas críticas, pois só quem sabe o tamanho de sua dor é você mesmo!

Se sentir ansioso pode ser saudável, desde que esse sentimento não tome conta da sua vida e impacte nos seus relacionamentos, no seu trabalho e dia-a-dia.
Caso esteja passando por problemas como os meus e precisar conversar com alguém, entre em contato comigo por e-mail, pela fanpage do Facebook ou nosso perfil do Instagram!

Abraços solidários de uma noivazilla



  • Compartilhe:

Leia também

0 comentários